Freelancer de Redes Sociais – O que faz e como se tornar um

O freelancer de redes sociais é um dos profissionais mais procurados nos últimos tempos já que cada vez mais empresas buscam divulgar seus produtos e serviços através destes canais.

Segundo informações de uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, sobre as profissões que devem bombar em 2020, o gerenciamento de redes sociais ocupa uma das primeiras posições, o que é um ótimo sinal para quem atua nesta área.

Como na maioria das vezes o trabalho de marketing pode ser feito de maneira remota, em um home office ou espaço de coworking, por exemplo, é cada vez maior o número de empresas e pessoas interessadas em divulgar seu trabalho neste canais, que optam por contratar freelas de redes sociais.

A oportunidade é ótima tanto para quem deseja desenvolver uma carreira como freelancer profissional, e já trabalha com redes sociais, quanto para quem deseja complementar o orçamento com uma forma de trabalho que não requer dedicação integral.

Com o marketing digital ganhando uma força cada vez maior entre os meios de comunicação moderno, a procura por freelancers de redes sociais só tende a aumentar, e neste movimento você pode encontrar ótimas oportunidades de trabalho.

O que faz um freelancer de redes sociais

O freelancer de redes sociais pode atuar em diversas áreas, já que a demanda por este serviço envolve diversas especializações. Entre elas podemos destacar:

  • Planejamento estratégico de redes sociais
  • Gerenciamento de redes sociais
  • Web design para redes sociais
  • Desenvolvimento de textos para redes sociais
  • Atendimento a clientes nas redes sociais
  • Monitoramento de redes sociais

Uma das vantagens de se trabalhar como freelancer de mídias sociais é que o universo de oportunidades é muito abrangente, como acabamos de mostrar. Isso cria um amplo leque de trabalhos a serem desenvolvidos por profissionais de diversas áreas.

Vejamos as opções citadas acima uma a uma, para você ver se tem o perfil que o qualifique para atuar em alguma destas áreas.

1 – Planejamento estratégico de redes sociais

O freelancer de redes sociais pode atuar na área de planejamento estratégico, desenvolvendo toda a estrutura básica para que as marcas divulguem seus produtos e serviços nos diversos canais.

Para fazer isso, você deverá ter sólidos conhecimentos nas áreas de planejamento estratégico de marketing como um todo, e em especial o marketing nas mídias sociais.

2 – Gerenciamento de redes sociais

Esta é uma outra área onde surgem diversas oportunidades para os freelancers de mídias sociais. Como as empresas muitas vezes não possuem pessoas qualificadas para fazer a gestão de redes sociais, como desenvolvimento de conteúdo e publicações, optam por contratar freelancers.

Neste caso você precisará ter sólidos conhecimentos do funcionamento de cada uma faz ferramentas, como Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn e blogs, além de estar familiarizado com as ferramentas de gestão de mídias sociais.

3 – Monitoramento de redes sociais

Este é um dos serviços que você também pode incorporar ao seu portfólio como freelancer de redes sociais, pois envolve aí o gerenciamento de canais e interações. Esta é uma tarefa importantíssima dentro de uma estratégia de marketing nas mídias sociais.

O freelancer nesta área precisa conhecer muito bem as principais métricas de mídias sociais e dominar ferramentas de monitoramento e interação nestes canais, como a Scup, mLabs, e outras.

Freelancer de redes sociais

4 – Web design para redes sociais

Mídias sociais como Facebook e Instagram, têm nas imagens o seu grande apelo, por isso é fundamental trabalhar com material de primeira qualidade, e um forte suporte de design gráfico, caso contrário, seu post será apenas mais um entre milhões de outros publicados diariamente no universo de social media.

Por isso os freelancers de web design encontram ótimas oportunidades de trabalho na área de redes sociais. A venda de pacotes de imagens para ilustrar publicações é uma das opções para conseguir clientes como freelancer de redes sociais.

Neste caso você precisará ter uma boa dose de criatividade, entender a estratégia de comunicação do seu cliente e dominar ferramentas como Photoshop, Adobe Illustrator, InDesign e outras.

5 – Desenvolvimento de textos para redes sociais

Outra área que vem gerando ótimas oportunidades de trabalho freelancer em redes sociais é a de desenvolvimento de textos para artigos em blogs, postagens e redação de anúncios para os diversos canais disponíveis hoje em dia.

Todos nós sabemos que um conteúdo para redes sociais de alto impacto exige uma série de técnicas de copywriting para fazer com que as publicações gerem engajamento e conversões de verdade.

Justamente por isso os redatores freelancer estão entre os profissionais mais requisitados no momento, assim como outros freelancers de conteúdo web.

6 – Atendimento a clientes nas redes sociais

Outra área onde o freelancer de redes sociais tem um ótimo campo de trabalho, pois da mesma forma que algumas empresas não possuem pessoal qualificado para o gerenciamento de redes sociais, muitas delas também não dispõem de pessoal para interações e atendimento comercial.

Um profissional para trabalhar nesta área precisa antes de tudo, ser muito equilibrado, pois trabalhar com atendimento ao público exige por vezes muita paciência. Além disso, precisa ter um português perfeito, para poder interagir de forma adequada com os clientes.

Quanto cobrar pelo trabalho como freelancer de redes sociais

Está é uma questão bastante delicada, pois o componente de preço de um serviço está sempre relacionado ao volume de trabalho que você terá que executar.

Anteriormente aqui no blog do Marketing Job, discutimos esta questão no artigo Quanto Cobrar Pelo Trabalho de Marketing Digital. Podemos dizer que os parâmetros são os mesmos.

O importante é que você tenha uma ideia concreta a respeito do trabalho envolvido na tarefa contratada. Um freelancer, na verdade, vende duas coisas: Seu conhecimento e sua hora de trabalho.

Por isso, o freelancer de redes sociais, assim como o freelancer de marketing digital e outras especialidades, precisa calcular muito bem seus custos fixos e variáveis, para não errar na precificação da proposta.

Como se tornar um freelancer de redes sociais

Agora que você já tem uma boa ideia do que faz um freelancer de redes sociais, do cenário para o trabalho nesta área e algumas opções de trabalhos a serem desenvolvidos, vamos ver o que você precisa para se tornar um freela de redes sociais.

Em primeiro lugar, é fundamental que você conheça a fundo as estratégias e a estrutura do marketing nas mídias sociais, para poder oferecer aos seu cliente um trabalho extremamente profissional.

Tenho dito em vários artigos que escrevo, que fazer postagens nas redes sociais não quer dizer que você esteja fazendo o marketing de uma marca nestes canais. O que importa não é a postagem em si, mas os resultados que ela traz para a empresa.

Por isso, busque antes de tudo se especializar nas estratégias de marketing adotadas nesta dimensão do marketing.

Na Academia do Marketing, escola especializada em marketing digital da qual faço parte, tendo sido um dos fundadores, temos um curso prático e objetivo para quem está iniciando, que é o Curso de Marketing nas Redes Sociais, disponível no formato presencial no Rio de Janeiro e também no formato online.

Com o conhecimento estratégico inicial, você pode passar então para a especialização, através de cursos na área de Instagram, Facebook Marketing e Facebook Ads.

Se você já tem experiência, um dos melhores caminhos é se cadastrar no Marketing Job e criar um perfil como profissional especializado em trabalhos freelancer em redes sociais.

Agora que você já conhece as oportunidades de trabalho como freelancer de redes sociais, considere a possibilidade de participar deste grupo de profissionais e faturar alto em um mercado de altíssimo potencial. Mantenha-se atualizado assinando a minha Newsletter.

Por Alberto Valle no Marketing Job

Há mais de 16 anos trabalho com marketing digital e comércio eletrônico, duas das minhas paixões profissionais. Iniciei minha carreira online nos idos de 2001, trabalhando com o desenvolvimento de sites e em minha jornada profissional acabei me envolvendo com o marketing digital, que hoje em dia é minha atividade principal, como consultor, professor em cursos especializados e palestrante. Atualmente trabalho como diretor técnico e educacional da Academia do Marketing e Curso de E-commerce, duas escolas especializadas que ajudei a fundar e que tenho o prazer de ajudar em seu desenvolvimento. Além disso, trabalho também como consultor nas áreas do marketing digital e comércio eletrônico nestas duas empresas, desenvolvendo, implementando e monitorando projetos nestas duas áreas, para um seleto grupo de clientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here