Por que o Bitcoin é uma bolha especulativa?

Atualmente muita gente se pergunta se a Bitcoin é uma bolha especulativa ou se realmente vai se tornar um ativo financeiro definitivo.

Que me desculpem os defensores das criptomoedas, mas eu realmente tenho severas dúvidas em relação às Bitcoins como ativo financeiro.

O meu argumento é simples. Ela não tem lastro em um ativo real, e por isso, é um ativo “etéreo” que em tudo dando errado vale exatamente nada.

Tudo bem que a Bitcoin tenha se valorizado absurdamente nos últimos meses, mas daí a dizer que isso faz dessa moeda o investimento do futuro, faz muita diferença.

Sou um grande adepto de Adam Smith e em seu livro A Riqueza das Nações vejo muito sentido na economia da forma em que ela, pelo menos em teoria, deveria ser entendida. Você vale o quanto produz.

Por isso, acreditar em uma moeda que não tem origem em riqueza palpável, sem lastro físico, pelo único motivo de não ser ela regulamentada por governo algum, fica muito difícil para mim.

Além do mais, não acredito também que a falta de regulamentação da Bitcoin e outras criptomoedas seja argumento suficiente para mantê-las longe das manobras comumente feitas pelos governos e instituições regulatórias.

A expansão da base monetária nas criptomoedas

Um dos grandes pecados da administração de uma economia e sua moeda é a expansão da base monetária sem o seu devido lastro. Aqui mesmo no Brasil, essa política já provocou crises inflacionárias homéricas, como a dos últimos anos do Coronel Sarney.

Teoricamente, o Bitcoin teria um volume previamente definido e imutável de unidades básicas, o que mataria de vez a possibilidade da tal expansão injustificada da “base monetária” que justificaria a confiança na moeda.

O problema é que dentro da teoria de “mercado livre” onde foi gestado o Bitcoin, não existe proibição alguma de que novas criptomoedas possam ser criadas. Tanto é, que várias outras moedas digitais apareceram após o sucesso do Bitcoin, seguindo os mesmo conceitos estruturais. Estou errado nisso?

Um ativo só valoriza em função de sua raridade

Pois bem, tendo em vista que um dos principais fatores para a valorização de um ativo, como o ouro, platina ou ações de boas empresas, é o seu fator raridade e dificuldade de obtê-lo, o aparecimento de novas moedas, ou Forks, como são chamados no universo das moedas virtuais, me parece uma grande ameaça à valorização deste ativo.

O grande argumento da falta de regulamentação é também uma das maiores ameaças às criptomoedas. Como elas não precisam de lastro real, apenas tecnológico para construir sua rede, elas na verdade são infinitas, e sendo infinitas, não possuem o fator raridade.

Por isso, acredito que o estouro da bolha dos Bitcoins seja uma questão de tempo, seja pela fraqueza de seus fundamentos, seja em função da pressão de governos ou autoridades monetárias.

O Bitcoin é uma bolha especulativa

A moeda do fim do mundo

Um argumento que ouço constantemente a respeito das criptomoedas é o de que elas seriam as verdadeiras moedas do fim do mundo, ou seja, em tudo dando errado, teríamos ainda os Bitcoins. Quem garante isso?

Se o mundo for exposto a uma nova crise financeira, como a de 2009, quem garante que as pessoas vão acreditar mais nos Bitcoins ou outros ativos digitais, do que no bom e velho ouro, ou então em terras agricultáveis, o único ativo aliás, que pode salvar a sua vida?

Será que em uma situação de desemprego global, fome generalizada e desespero da população trabalhadora, as pessoas irão acreditar mais em créditos digitais do que em cinco quilos de batata?

E se por exemplo, vivermos uma catástrofe natural que inviabilize as telecomunicações? O que valerá mais? Seu saldo, indisponível, de Bitcoins, ou cem gramas de ouro ou mais ainda, vinte espigas de milho?

A economia é simples

Essa minha argumentação pode parecer muito básica, e a construí desta forma justamente por acreditar que os fundamentos da economia são realmente simples e acessíveis a qualquer pessoa.

Por que o Bitcoin é uma bolha especulativa? Simples, porque ele em sua essência não possui lastro em riqueza, em bens palpáveis que podem por exemplo, me manter vivo em uma situação extrema como as que acabei de citar.

Poderíamos fazer a mesma comparação com os títulos do tesouro americano ou alemão, mas neles temos pelo menos uma referência monetária, frágil, mas mesmo assim uma referência válida mesmo em momentos extremos, como o da crise de 2009.

Posso comer um título do governo americano? Também não, mas é bem possível que possa encontrar alguém que os aceite em troca de um cachorro quente.

Quando digo que o Bitcoin é uma bolha especulativa, não estou sozinho. As opiniões dos maiores investidores sobre o Bitcoin também não são nada simpáticas.

Quando você pessoas do porte de Warren Buffett, Jamie Dimon e até mesmo Alan Greenspan se posicionando contra um determinado investimento, é no mínimo prudente tentar entender os seus motivos.

Se você ainda não sabe o que é Bitcoin, pode apostar que mais cedo ou mais tarde vai ouvir falar bastante sobre o assunto. Se sentir tentado a investir nisso, busque por mais informações em sites especializados antes de se deixar contagiar pela euforia.

Por que o Bitcoin é uma bolha especulativa? Bem dei algumas explicações neste artigo, mas voltarei a abordar o assunto aqui no site. Mantenha-se informado assinando a minha Newsletter.

Por que o Bitcoin é uma bolha especulativa?
5 (100%) 6 vote[s]
Há mais de 16 anos trabalho com marketing digital e comércio eletrônico, duas das minhas paixões profissionais. Iniciei minha carreira online nos idos de 2001, trabalhando com o desenvolvimento de sites e em minha jornada profissional acabei me envolvendo com o marketing digital, que hoje em dia é minha atividade principal, como consultor, professor em cursos especializados e palestrante. Atualmente trabalho como diretor técnico e educacional da Academia do Marketing e Curso de E-commerce, duas escolas especializadas que ajudei a fundar e que tenho o prazer de ajudar em seu desenvolvimento. Além disso, trabalho também como consultor nas áreas do marketing digital e comércio eletrônico nestas duas empresas, desenvolvendo, implementando e monitorando projetos nestas duas áreas, para um seleto grupo de clientes.

2 COMENTÁRIOS

  1. Também acho que o Bitcoin vive um momento de bolha especulativa, mas mesmo assim, acredito que seja uma opção em termos de meio de pagamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here