Alguns motivos para você estar no LinkedIn mesmo empregado

Alguns motivos para você estar no LinkedIn mesmo empregado

Alguns motivos para você estar no LinkedIn mesmo empregadoUm conceito errado sobre o LinkedIn é que você só deve ser atuante nesta rede quando está desempregado ou então pensando em mudar de emprego. Se você pensa dessa forma, está cometendo um grande erro.

Mesmo estando empregado é interessante, e por que não dizer fundamental para sua estratégia de marketing pessoal no LinkedIn, que você atualize seu perfil e tenha uma presença atuante nessa rede.

Já vi algumas pessoas argumentarem que se elas tiverem uma presença atuante na rede, seu chefe pode acabar achando que ela está procurando um outro emprego. Isso na verdade não é argumento, pois atualmente existem mais de de 20 milhões de brasileiros nesta rede, e é muito pouco provável que todos estejam desempregados.

Ter uma presença ativa no LinkedIn mesmo estando empregado é um sinal de que você valoriza o seu networking, o que sob o meu ponto de vista é bom para você, porque demonstra que é um profissional ativo em seu segmento e com muitos contatos, o que pode até mesmo ser bom para a empresa em que você trabalha.

Os motivos para ser ativo no LinkedIn mesmo estando empregado

Vejamos alguns dos principais motivos para você manter uma conta ativa no LinkedIn mesmo quando você está empregado e satisfeito com a sua posição.

Você precisa se manter atualizado

O primeiro motivo para ter uma conta ativa no LinkedIn é se manter atualizado sobre as novidades e lançamentos no seu segmento de atuação profissional. O LinkedIn tem sido usado cada vez mais pelas empresas como canal de comunicação sobre novidades e lançamentos.

Além disso, sua participação em Grupos do LinkedIn também lhe dá uma boa visão do que está rolando pelo mercado, quais são as tendências e opiniões de outros profissionais. Em um ambiente dinâmico como o que vivemos nos dias de hoje, está bem informado é fundamental para seu desenvolvimento profissional.

O networking faz parte do seu ativo profissional

Ter um bom relacionamento com empresas e profissionais ligados à sua área de atuação é importante não só para debater ideias e tendências, como também para garantir que na eventualidade de você se ver desempregado, terá conexões com as quais poderá contar para buscar uma nova colocação. Por isso, o networking no LinkedIn deve fazer parte da sua rotina profissional.

Em um artigo anterior, falamos sobre o LinkedIn como um verdadeiro Seguro Desemprego Digital, e que para que ele realmente funcione na hora que você precisar, você precisa ter uma presença ativa na rede, caso contrário, pode ser visto como alguém que só aparece no LinkedIn por interesse.

Recrutadores preferem candidatos passivos

Muitos recrutadores preferem abordar candidatos passivos no LinkedIn ou seja, profissionais que não estão exatamente em busca de um emprego na rede. Você até pode estar satisfeito com a sua atual posição, mas isso não significa que esteja fechado a boas propostas não concorda?

Lembre-se que o marketing em mídias sociais é display, e portanto, a velha norma de que quem não é visto não é lembrado é válida também neste caso.

É claro que você pode e deve usar o Linkedin na hora de procurar emprego, mas como você pode ver, existem bons motivos para estar no LinkedIn mesmo empregado, como acabamos de expor.

Publicado originalmente no blog do Curso de LinkedIn

Motivos para você estar no LinkedIn mesmo empregado
5 (100%) 5 votes