Cross Docking no e-commerce

Pensar em uma estratégia de Cross Docking no e-commerce é uma ideia a ser considerada por quem pretende abrir um comércio eletrônico no Brasil. Em um país que historicamente apresenta taxas de juros elevadas, a redução dos gastos com estocagem através da adoção desse sistema pode fazer muita diferença no balanço da sua loja virtual.

O uso do sistema de cross docking no e-commerce pode também criar um diferencial competitivo para a sua loja, já que em função da agilidade que ele pode oferecer, é possível manter uma operação de e-commerce com um sortimento maior de itens a disposição dos clientes e custos operacionais reduzidos.

Como funciona o cross docking

Conceitualmente, o cross-docking é nada mais nada menos do que um sistema de redistribuição de mercadorias recebidas sem que haja necessidade de estocagem, ou pelo menos, os trâmites operacionais, de controle e até mesmo tributários que estão envolvidos em um processo convencional de estoque próprio.

Pelo que se pode perceber, o cross docking no e-commerce pode parecer o sistema ideal e mais rápido para o crescimento de uma loja virtual, mas o que ele esconde, é a complexidade por traz da operacionalização dessa estratégia de gerência de estoque.

As dificuldades do sistema de redistribuição

Apesar de parecer que seja o cenário ideal para todo e qualquer ciclo produtivo da economia, existem sérias dificuldades a serem superadas, principalmente no Brasil. Para a implantação de um sistema de cross-docking no comércio eletrônico, como em qualquer outros segmento, é necessário contar com parcerias sólidas com os fornecedores de sua loja virtual. Prazos de entrega e horários bem definidos, e principalmente, cumpridos, são essenciais para o sucesso do negócio.

Em segundo lugar, mas nem por isso menos importante, é necessário possuir um sistema de ERP, impecável para que o fluxo de informações não sofra qualquer tipo de interrupção ou interferência que possa atrapalhar o desempenho dos processos internos, principalmente no que diz respeito à entrega dos produtos comprados na loja virtual.

Usar o sistema de cross-docking no e-commerce pode ser uma boa opção
Cross docking no e-commerce

Cross dockig puro ou sistema híbrido

Uma alternativa também altamente viável é a criação de um sistema híbrido de cross docking e estoque próprio.

Certa vez em nossa agência um cliente chegou com a ideia fixa de adoção do cross docking para 100% dos itens da loja. Embora conceitos como a Teoria Z e gestão de estoques Just In Time possam ser apaixonantes, o radicalismo pode trazer sérios problemas. Nestas situações, um sistema híbrido pode suavizar os impactos negativos desse tipo de abordagem gerencial.

Por exemplo, mercadorias de giro muito rápido podem ser trabalhadas com estoque ou então, mercadorias de pequeno valor agregado, mas alta rentabilidade, visando a redução do custo financeiro e de armazenagem do estoque.

O cross docking do estoque pode ficar a cargo de produtos complementares com baixo giro e margens de lucro menores. Ou então, por exemplo, ficar restrito aos produtos de Cauda Longa, que geralmente tem esse perfil.

Vantagens financeiras da adoção do cross-docking

A primeira vantagem, sobre o ponto de vista financeiro da opção por cross-docking no e-commerce, é do ponto de vista do Custo de Carregamento Financeiro do estoque e custo de oportunidade do capital.

A segunda grande vantagem do cross docking é a possibilidade de trabalhar com uma área de estoque bem menor, exigindo assim um gasto menor com a aquisição de áreas de armazenamento e eliminação dos custos de manutenção dessas instalações.

Do ponto de vista da melhoria do serviço da loja e sua consequente valorização da marca, esse é um benefício gigantesco. A velocidade de entrega, além de acelerar a rotatividade do estoque, acrescenta um diferencial quando a agilidade do sistema se traduz em redução de prazos de entrega, um dos grandes segredos do e-commerce.

Embora o sistema de cross dockig traga inúmeras vantagens, ele também traz obrigações no que diz respeito à logística de entrega, etapa vital para um e-commerce de sucesso.

Cross docking e logística no e-commerce

O uso do Cross Docking no e-commerce envolve uma perfeita harmonia entre chegada e saída de intens da sua área de estocagem de produtos. Vou um pouco além, falo também de uma integração muito grande também com o SAC.

Todos nós sabemos que um dos grandes segredos para o sucesso no e-commerce está na logística de entrega e respeito aos prazos e condições constantes no site e de acordo com a legislação vigente. Não se pode sacrificar essa etapa, em detrimento do sucesso de redução de custos na área de recebimento, estocagem e despacho da operação de e-commerce.

O uso do cross docking no e-commerce é uma opção bastante interessante, mas ao mesmo tempo é uma decisão que deve ser muito bem pensada.

Publicado originalmente no Blog do Curso de E-commerce

Cross Docking no e-commerce
Obrigado!